29 de jun de 2010

Pintando o 7 de novo...

Exposição de 05 a 31 de julho/2010 no SESC 506 Sul

         Horário: 8h às 21h
 

Esta é a segunda exposição que faço este ano. O quadro  classico "Pintando Paris"   esta entrando em  exposição somente para cumprir o ritual do Atelier,  isso porque o mesmo já  foi comprado pela minha querida amiga Célia que adorou minha obra. Confesso que também adorei!

28 de jun de 2010

Comemoração em alto estilo

                       Embora atrasadas, G8 se reune para comemorar  o aniversário da Alice
                     

                                                                     Da esquerda para direita:
                                                              Renata, Aline, Vanessa, Alice, Meire e Tereza.

                       Demorou mais saiu, a comemoração do aniversário da Alice (04 de maio) foi comemorada em alto estilo no restaurante  JAPONES GENDAI com direito a drinks de saquê. Essa foi a primeira vez que o grupo se reune sem a presença da Andrea,  uma das G8, que partiu para sempre deixando saudades.

Curiosidades sobre o Saquê

O arroz dá origem à bebida que é tão valorizada que é oferecida aos deuses xintoístas, e também é servida em ocasiões especiais como casamento, inauguração de lojas e comemorações. Mas o saquê está presente também na mesa dos japoneses como uma bebida popular.
Existem cerca de 1600 fabricantes de saquê no Japão. Cada uma dessas empresas possui vários tipos, e como todo o ano surgem novas variedades, enquanto outras deixam de ser produzidas, será impossível provar todas elas. De qualquer forma, sabe-se que o saquê consumido atualmente, é muito diferente daquele fabricado no passado. A descoberta do fermento aumentou a graduação alcólica, e a 2ª Guerra Mundial também alterou sua receita. A escassez de arroz naquele período, forçou os fabricantes a buscarem alternativas para aumentar a fermentação utilizando menos arroz. E um decreto governamental permitiu o acréscimo de álcool puro e glicose na fórmula, o que possibilitou a utilização em menor quantidade do precioso cereal. Estima-se que 95% do saquê produzido hoje utiliza essa fórmula, contrariando os especialistas do passado que diziam que o melhor saquê era aquele feito apenas de arroz, arroz fermentado e água.


Técnica de produção

Basicamente, o saquê é uma bebida fermentada que necessita de boa água (que corresponde a 80% do produto final), e de arroz de boa qualidade.
O arroz é lavado e cozido a vapor. Depois, é misturado ao fermento, à água, e ao koji, que é o arroz fermentado separadamente, numa sala com temperatura e umidade controladas. À mistura acrescenta-se mais arroz, koji e água por três vezes dentro de cinco dias.
Essa fermentação que ocorre num grande tanque é chamado de shikomi.
A sua fermentação deve continuar por 18 a 32 dias, e findo o período, a pasta é amassada e filtrada. Depois disso, geralmente o saquê é pasteurizado para matar as bactérias e desativar enzimas que poderiam mudar o sabor e a cor do produto.
O saquê ficará descansando por seis meses, e receberá uma adição de água pura, para baixar o nível de álcool de 20 para 16%. Depois, ainda será pasteurizado novamente antes de ser embalado.


A CULTURA DO SAQUÊ

Origem do Saquê


A história de como surgiu a bebida nacional do Japão não é clara, mas sabe-se que um marco na produção do saquê foi a instalação do departamento de cervejaria no palácio imperial de Nara, então capital do Japão (710 a 792 d.C.). Depois, no período seguinte, quando a capital passou para Kyoto, o saquê é descrito como uma bebida nobre, tendo já registrado 15 variedades. É quando o saquê começou a ser consumido quente, recebendo talvez a influência da China. Já nessa época, havia cerca de 180 produtores independentes de saquê da região de Kyoto. Os templos que possuíam grandes propriedades de arroz passaram a fabricar a bebida, mais tarde fazendo parcerias com fabricantes maiores. No século 14, no meio da grande concorrência entre os produtores, surgiram algumas inovações tecnológicas, como o desenvolvimento do koji (Aspergillus Oryzae), que é a base para fermentação do arroz. A pasteurização foi introduzida baseada em observações empíricas, séculos antes de Louis Pasteur da sua explicação científica.

mais informações no site: http://www.culturajaponesa.com.br/htm/saque.html




            

18 de jun de 2010

Quadro Clássico

   Pintando Paris
Pintura de Paris em tinta acrília sobre  tela com 
                              técnica espatulada no estilo impressionista.
      
Acabo de terminar o meu primeiro quadro espatulado.
Adorei pintar com espátula, confesso
que neste quadro aprendi muito, principalmente no que se refere a luz e perspectiva.
"Dedico esse quadro a minha filha que desde pequena identificava em qualquer quadro, gravura, foto os pontos turísticos de Paris. Ela sempore diz que quer viajar para França quando completar 15 anos.   



Paris,"cidade luz"


Conhecida como cidade Luz, Paris é patrimônio mundial da UNESCO, uma das principais cidades Turísticas do mundo, grande pólo comercial, industrial, cultural e artístico. Paris é tudo isso e muito mais.
Paris não é chamada de 'cidade Luz' devido à iluminação noturna, mas sim ao fato de ter sido no século XVIII, o centro cultural da Europa pelo Iluminismo.
Se você estiver em Paris à noite, especialmente durante o Natal e o Ano Novo, não será difícil entender o motivo da expressão "cidade luz". A iluminação enche os olhos de todos que por lá passam. Mas não é só a luminosidade que é abundante na cidade. A arquitetura exala beleza e a programação cultural é intensa.

"Quero voltar a Paris, quem sabe nos 15 anos da Rebecca."







16 de jun de 2010

Simplesmente "Irmãs"

Minhas cocás -
Olha como estão crescidinhas.

Como eu ainda não sei qual é o macho e qual é a femea eu estou chamando-as de simplesmente "irmãs".

Após 15 dias elas estão totalme
nte adaptadas andando pelo quintal e pela frente da casa.











15 de jun de 2010

Trabalho Voluntário

Neste final de semana fiz meu primeiro trabalho voluntário. Tive a oportunidade de  participei de um bazar (com alguns artigos doados pela Receita Federa entre outros,  inclusive doei duas malas de roupas minhas) no Instituto Nossa Senhora da Piedade - na QI 5, Chácara 7, Lago Sul. Esse instituto é formado pela Congregação das Irmãs Auxiliares Nossa Senhora da Piedade onde funciona uma creche para crianças de 4 a 14 anos, local onde mães que trabalham deixam com segurança seus filhos para poderem trabalhar.

O bazar foi um sucesso, e eu me senti útil e realizada em poder ajudar.

Ser voluntário não é preciso mais nada além de boa vontade. Não precisa ter dinheiro sobrando para comprar objetos, basta ver o que tem em casa, conversar com amigos, familia, visinhos... e mesmo se não lhe render nada, basta aparecer por lá e fazer o bem. Sorrir, ouvir, ajudar, compartilhar, aprender (isso eu sei fazer muito bem, modeste a parte).

Passar um dia diferente, um dia que vc irá se doar. Até mesmo dar a um morador de rua um agasalho que não usa mais, um bom prato de comida quentinho, um cobertor, ate mesmo um livro.. sabia que tem muita gente na rua que sabe ler e escrever!! é pura verdade!!!!  Agora estou separando muitos livros para fazer mais doações.

Há! se vc gosta de praticar um esporte que tal ensinar aquele grupo de crianças, jovens, adultos, idosos, que sempre estão ai perto de sua casa sem fazer nada?? Enfim, use a criatividade, acione o amor que sempre existe no coração e SEJA UM VOLUNTÁRIO!


PAZ NO CORAÇÃO! RENOVE E SEJE RENOVADO!

14 de jun de 2010

Orquídea

12 de junho - Dia dos namorados


O Dia dos Namorados é uma data comemorativa, não oficial, destinada aos casais de namorados, pretendentes e apaixonados. É tradição a troca de presentes, bombons e cartões com mensagens de amor entre namorados ou pessoas que se amam. Aqui no Brasil, esta data é comemorada em 12 de junho. Em outros países, como nos Estados Unidos, por exemplo, a comemoração ocorre em 14 de fevereiro (Dia de São Valentim – Valentine’s Day).

Meu marido me presenteou com uma linda orquídea, fiquei muito feliz. Mais uma para a minha coleção.

1 de jun de 2010

Artesanato passo a passo

Porta Anéis - Corpo Feminino

Minha filha empolgada com as minhas artes, resolveu fazer um porta anéis para
 dar de presente a uma de suas amigas. E não é que conseguiu.
 Ficou uma graça.